sexta-feira, 16 de abril de 2010

Pássaros


Pássaros bateram asas em aplausos.
É chegado enfim o dia do afastar de nuvens.
Tenho a clareza de um céu.
E a leveza de um vôo.

2 comentários:

José disse...

quanto tempo! Enfim uma nova postagem, versos simples e belos, como sempre. Saudades.

Razek Seravhat disse...

No cantinho do horizonte
tenho fé que ainda exista
vida, viver e vivência
E por favor não insista
não sou triste, o mundo
É me dá lágrimas surdas
como um sonho sem graça.

Ternura sempre!